FECHAR

1. Costa da Lagoa – Chuva

Apresentamos como um primeiro exemplo de obra própria a composição “Costa da Lagoa”, que passou por um processo de escrita musical que transitou entre as dimensões de “peça de violão” e de “canção”. A seguir um pouco mais desse processo:

  • [2002] Nasce a composição em um primeiro formato, em Lá menor e sem letra.
  • [2005] É transposta para um tom abaixo e letrada por Clóvis Beznos – com o nome de “Chuva” – para a gravação da cantora ítalo-francesa Alexandra Montano no mesmo ano.

  Chuva (Chico Saraiva e Clóvis Beznos) – Alexandra Montano e Chico Saraiva

  • [2009] É uma das primeiras composições trabalhadas pelo duo saraiva-murray, que parte da gravação recente realizada com a cantora – no “tom de canção”, e desenvolvida instrumentalmente com momentos improvisados e texturais – que não chegaram a ser escritos em partitura mas que foram sim “definidos” em muitas das passagens – na linguagem que estava sendo desenvolvia naquele momento pelo duo.

  Chuva (Chico Saraiva) – Duo Saraiva-Murray

  • [2012] é reescrita por Chico Saraiva, a partir da indicação de Paulo Bellinati ao longo do processo de produção do álbum Galope, recuperando a tonalidade original e, com isso, a introdução original do momento em que foi composta. Acaba se tornando a faixa mais “reprodutível” em partitura de todo o trabalho.

  Costa da Lagoa (Chico Saraiva) – Duo Saraiva-Murray | Álbum Galope